Buscar
  • Jordana Schneider

5 coisas que o seu próximo objetivo no Pole Dance precisa ser

Se a gente não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve. E se qualquer caminho serve, temos que aceitar tudo o que vier (o bom e o ruim). E daqui 10 anos ou mais, você perceber quanto tempo perdeu por estar sem um foco.Então pare e pense, coloque as ideias no papel. E para te ajudar com isso, eu vou te contar de algo que eu aprendi na indústria e uso até hoje.


Nunca vou esquecer da primeira vez que fiquei sabendo sobre esse método de definir objetivos. Ri tanto e peguei tanto ranço que levou um tempo pra dar o braço a torcer e aceitá-lo de braços abertos.



Pra quem chegou agora e caiu de paraquedas nesse post, eu trabalhei numa multinacional onde pouquíssimas pessoas sabiam do meu lado poledancer. Enfim, a empresa pregava muito esse método SMART, mas os meus objetivos quando eram desdobrados, de SMART não tinham nada. Peguei um ranço do nome em si, mas não posso negar a eficiência.


E nessa semana, com todo o caos que o mundo virou com a pandemia, tive que resignificar muitas coisas e refazer vários planos. Lembrei desse método aí, que acaba sendo só um rótulo de algo instintivo pra quem gosta de planejar tudo na vida. Vou explicar um pouco como ele funciona e como você pode aplicar na sua vida e no Pole,



Já começa dizendo que o objetivo precisa ser bem específico. Então tenha em mente um movimento de Pole que você tem o objetivo de conseguir fazer. Pode ser um de força e um de flex, ou um combo de movimentos sem descer da barra, ou ainda aquela coreo de pleaser que pode ser o pesadelo de muita gente. Agora pense como você vai medir se atingiu ou não o seu objetivo. Vai ser só fazer o movimento sem ajuda? Vai ser fazer o movimento com fluidez e dentro de um ritmo? Então é preciso além de ter o objetivo, mensurar o quanto ele foi atingido.


O objetivo que você definiu até agora é atingível? Não adianta você que iniciou no Pole agora querer fazer o devil, por exemplo, se nem o scorpion você ainda não aprendeu. Nem você que faz o espacate frontal colocar como objetivo o espacate lateral, mesmo sendo movimentos diferentes eles são muito próximos de execução então exija um pouco mais de si. Na dúvida, por favor consulte a sua profe de Pole pois ela tem experiência nisso e está acompanhando de perto a sua evolução.


Agora pense qual a relevância desse objetivo (movimento, combo) para a sua vida. Melhorar no Pole, desafiar o seu corpo e a sua mente, os benefícios colaterais que virão no caminho serão bons para a sua saúde,... Todo o treino que você terá para chegar nesse objetivo específico e atingível deve valer a pena. E claro, definir um prazo. Todo objetivo que não definimos um prazo para acabar não é um objetivo, é um desejo. E o desejo não nos tira do lugar, a ação sim. Saber que você tem uma deadline pra cumprir aquilo vai te tornar mais comprometido e vai te ajudar a criar um planejamento palpável para isso.


Confesso que fiquei meio desanimada com o meu objetivo atual, mas vou explicar ele para exemplificar. O Meu objetivo específico é encontrar um estúdio de Pole na nova cidade que vou morar; vou mensurar o meu atingimento quando fizer a matrícula no estúdio que eu mais gostar; sei que é mensurável pois já defini as três coisas que espero desse novo estúdio (ser perto de casa, dentro do meu orçamento e ter pessoas incríveis); é relevante pois não vou conseguir atingir o propósito que Deus me deu sem estar praticando o Pole Dance e o meu prazo é dezembro desse ano, quando já estarei instalada na nova cidade e terei tempo de muitas aulas experimentais até lá.


Bom, deu pra perceber que isso você aplica para qualquer coisa né? Então mesmo com a bagunça das nossas vidas sem ou com pouco Pole agora, refaça os seus objetivos. E não deixe de compartilhar o blog com pelo menos uma amiga!


#poledanceparainsistentes #poledance


24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com