Buscar
  • Jordana Schneider

Como esconder o pole dance por um ano

Atualizado: 16 de Abr de 2019

(e por que você não deve fazê-lo)


Numa rápida pesquisa pelo Google descobri que o pole começou como uma variação do yoga na Índia, mas se popularizou como algo sensual e erótico de strip clubs do Canadá e EUA. E é por isso que fica difícil para todos nós contarmos a sociedade sobre o que fazemos e amamos sem nos imaginarem num strip tease vulgar*. E toda a força, resistência e flexibilidade que o nosso corpo adquiriu no caminho? Imaginem isso: sustentar todo o peso do seu corpo com as suas duas mãos ou as vezes só com o atrito da pele na barra em alguns pontos do corpo. Imaginou? Pois é, somos fodas.


E por que mesmo assim eu não consigo contar no trabalho, na família, na igreja e nem para alguns amigos mais próximos? Por causa do preconceito que eu cresci tendo e que ainda luto para abandonar. Eu aprendi … é, aprendi que:


  1. não devo mostrar demais o meu corpo, mas mostro mais meu corpo na praia do que no pole;

  2. devo ser sensual apenas para o meu marido, mas ele acha que com o pole eu não sou sensual de forma erótica, mas sim por me sentir mais confiante, poderosa e destemida;

  3. devo ser « bela, recatada e do lar »… uma imagem vale mais que mil palavras, não acham?


Posso usar todo um embasamento do feminismo nesse post sem falar especificamente disso e ainda incluindo os pole dancers, pois assumir o pole dance é assumir o seu corpo, as suas limitações e imperfeições. É saber que você é maravilhoso(a) do jeitinho que é conseguindo ou não fazer aquele movimento específico. É se preparar e treinar e treinar para ultrapassar mais uma barreira do « eu nunca vou conseguir fazer isso ». É aceitar que você não precisa ser magro(a) nem ter aquele corpo malhado pra fazer uma foto bonita e se sentir bonito(a).


Esconder a prática do pole como esporte foi fácil, mas realmente acreditar em tudo o que escrevi acima foi o que me levou um ano. E é justamente o motivo do porquê você deve lutar contra o seu preconceito e contra o dos que você ama.


Por essas e mais outras mil razões que eu iniciei esse blog. Não só para deixar claro quem eu realmente sou (pois me escondi na minha insegurança), mas para poder aprender e amadurecer com outras pessoas que enfrentam esse preconceito todo. Por que vou enfrentar isso sozinha se somos um grupo cada vez maior de pessoas unidas com histórias diferentes, mas com o mesmo objetivo? Por que vou enfrentar isso sozinha se podemos fazê-lo juntas (os)?

Mal iniciei o blog e já conheci pessoas maravilhosas e mais experientes que estão dispostas a dividir a sua história com a gente. E você, tá esperando o que pra assumir que pratica ou que morre de vontade de começar?


#poledanceparainsistentes #poledance #poledancesempreconceito #poledancer #universopoledance #poledancelover #poledancemotivation


*uso o termo vulgar pois se uma pole dancer quiser fazer um strip tease ela vai fazer de uma forma extremamente sexy sem ser vulgar ou tão sensual que vai te deixar constrangido. Não as subestimem nem generalizem, por favor.


Revisão: Nizandre Onaka

71 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com