Buscar
  • Jordana Schneider

Como não apresentar o Pole Dance às crianças e seus pais

Atualizado: 18 de Abr de 2019


Como já comentei em outro post, levei mais de um ano para começar a contar às pessoas sobre a minha paixão pelo pole dance. Antes de me assumir, conversei com vários amigos para saber como eles enfrentaram isso na profissão deles para poder me preparar sobre o que viria pela frente. As reações foram as mais diversas, mas as de salas de aula foram as que mais me chamaram a atenção. E não pela reação dos alunos.


Quero dividir com você uma notícia do ano passado, mas que li apenas semana passada e que foram divulgadas várias versões dos fatos. Uma diretora chinesa foi demitida ao recepcionar pais e alunos do jardim de infância com uma apresentação de Pole Dance. Não fui muito a fundo na reportagem e nem pesquisei para saber se eram fake news, mas me chamou a atenção por ser a notícia de Pole Dance mais compartilhada nos EUA nos últimos 12 meses de acordo com a BuzzSumo. Dividi isso com uma amiga que é professora e trabalha com crianças há anos, e ela ficou tão encasquetada com a história que me encheu de mensagens e áudios no dia seguinte.



Essa minha amiga possui graduação em Pedagogia, pós-graduação em Educação Especial e Sociedade Inclusiva, e outra no ensino de Matemática e Ciências. É uma pole dancer excelente e não assumida, por isso o anonimato aqui, que passa por preconceito por trabalhar com crianças (mas essa é uma história para outro dia). Ela explicou que a primeira sensação que teve ao me ouvir contando sobre a apresentação (sem assistir ao vídeo) foi "que legal" pois criança não tem maldade. Elas se penduram no toldo da escola e no que veem pela frente, então elas brincam com essas coisas, só não são orientadas pois a sociedade tem todo esse preconceito. O que nós vemos como arte e esporte, as crianças veem como brincadeira.




A amiga anônima mais linda desse blog

Depois de procurar em mais fontes sobre a história, descobrimos que antes das crianças entrarem de férias fizeram um evento de 10 dias de atividades militares, então no retorno a diretora resolveu suavizar contratando um dançarina de pole dance para se apresentar dançando no mastro da bandeira da escola ao som de Pussycat Dolls. "Moça, você tem certeza disso?" seria o que eu responderia se ela tivesse pedido a minha opinião ao contratar a pole dancer. Pois é muito difícil desfazer uma primeira impressão, e qual você acha que foi a primeira impressão dos pais ao deixarem o seu bem mais precioso num lugar que mostra algo que eles não compreendem?


A reação dos pais foi tão negativa que a pressão que fez a escola demitir a diretora. Acho que há mil e um maneiras de introduzir o pole dance às crianças e seus pais. Inclusive, esse é um dos intuitos do Pole Kids, que as crianças conheçam o pole como o esporte e a arte que é.


Se você tiver curiosidade de ler as reportagens sobre essa diretora, joga no Google ou acessa aqui para ver o mais popular nos EUA.


Revisão: Nizandre Onaka


27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com