Buscar
  • Jordana Schneider

Confie na sua sensualidade

Atualizado: 8 de Jun de 2019

Falar em ser sensual no Pole Dance me dá três tipos de arrepio. Primeiro, porque particularmente eu não me sinto bem exibindo publicamente esse meu lado sensual e não quero forçar ninguém a fazê-lo. Segundo, é um assunto muito delicado de falar sem receber olhares tortos ou maliciosos. Terceiro, ser sensual não é só rebolar (embora existam técnicas pra isso) mas é se sentir bem com a sua mente e o seu corpo.



Meu primeiro workshop de Sexy Pole foi em junho de 2018, época de Dia dos Namorados que explode workshops de sexy, strip, lap dance, chair dance e afins os estúdios de todo o país. E a procura sempre é grande, as vagas esgotam em poucos dias. Lá você aprende técnicas de como levar os movimentos do simples ao sensual, e é incrível. A minha procura era porque eu queria me sentir sensual, não para ninguém mas para mim mesma. Só o fato de saber que posso ser sensual se eu quiser, me dá uma sensação de feminilidade maior (mas tenha em mente que nenhuma mulher precisa ser sensual para ser feminina) e tem me trazido delicadeza nos movimentos mais simples do pole.



Claro que novamente batemos na tecla do preconceito, mas se a prática do Pole Dance já é censurada imagine qualquer título sensual por trás disso. E a grande maioria das mulheres que vão atrás desses workshops não necessariamente querem aprender a fazer um showzinho aos parceiros, mas sim pela curiosidade do que a família tradicional brasileira tanto censura nelas mesmas. E, geralmente, saem de lá maravilhadas com o que descobrem serem capazes de fazer. Não são superpoderes, mas é o poder do empoderamento através da sensualidade. E quando a mulher sabe aplicar bem o seu capital erótico (recomendo a leitura do livro de mesmo nome), a sensualidade é só a cereja do bolo.



A autoconfiança é um aspecto dentro da confiança, portanto vamos falar um pouco dela. Confiança é um sentimento, nós nos sentimos confiantes ou nós estamos confiantes num momento específico. Não é uma condição, ninguém nasce confiante portanto não somos confiantes. Quer um exemplo fora do pole? Quando você aposta todas as suas fichas abrindo um negócio próprio você está confiante e se por acaso esse negócio não prosperar, você tenderá a não se sentir tão confiante na sua decisão anterior, Quer um exemplo no pole? Quando treinamos e treinamos e treinamos para uma apresentação nós vamos confiantes em toda a preparação que fizemos e se chegar na hora e dar branco ou não sair tão bom quanto o esperado, tendemos a perder grande parte dessa confiança nas próximas apresentações ou competições.


Como aplicamos a confiança no pole? Se é um sentimento, é uma escolha. Nós podemos escolher ser confiantes e podemos usar mecanismos para isso, seja treinar mais movimentos que aflorem a nossa sensualidade, seja tocar mais aquela música especial em casa para nos sentirmos mais confortáveis. Assim como a felicidade também é uma opção. Você pode acordar de mal humor e optar por ficar assim o dia todo ou optar por treinar pole ou entrar aqui no blog para deixar o seu dia mais alto astral.



Antes de se inscrever num workshop sensual, abra a sua mente. Uma dica bem simples seria começar assistindo alguns vídeos comuns de chair dance ou sexy pole nas redes sociais dos estúdios de pole, eles já terão dado uma selecionada no conteúdo que apresentarão no workshop para não te pegar de surpresa na hora. E se imagine fazendo aquilo, aqueles giros, aquelas reboladas, não deixe aquela vozinha no fundo da sua mente dizer que você tem que ter vergonha disso. E se mesmo assim você não se sentir confortável, está tudo bem. Tente no ano que vem. Mas o mais importante, escolha confiar em si mesma.


#poledanceparainsistentes #poledancesempreconceito #sexypole #poledance


Créditos: fotos cedida pela Mayara do estúdio Live Dance Pole Studio de Curitiba.

50 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com