Buscar
  • Jordana Schneider

Cuidados básicos com o coronavírus

Como já dizia o Dr. Drauzio Varela, não era questão de "se" mas quando o vírus ia chegar ao Brasil. Chegou, e com todos os preparativos que a área de saúde já fez, agora é a nossa vez de pensar coletivamente. São pequenas ações agora que serão essenciais lá na frente.


Ainda essa semana, alguns estúdios de Pole continuam operantes mas com os cuidados redobrados. A prof Daniele Nogueira, do estúdio que frequento, adaptou para o Live uma cartilha incrível da ANS com os cuidados básicos que devemos ter no estúdio. Também acompanhei no Instagram vários estúdios apoiando os alunos com necessidade de quarentena, ou por motivos de viagem ou de grupo de risco, com reposições de aula futuramente.


Engraçado pensar numa aula de Pole em que o instrutor não tenha contato físico com os alunos, mas em casos extremos como esse é preciso usar a imaginação. Podemos investir em treinar movimentos que já dominamos, em fazer aquela coreografia basiquinha que a gente viu no insta de alguém, movimentos de transição e floor que não exijam muita técnica...


Lavar as mãos: está aí um hábito que eu não tenho ao chegar no estúdio. Sempre antes de comer, mas nunca antes da aula de pole. E agora, com todo o nível de informação que recebemos sobre como ocorre o contágio de um vírus, só não aprende quem não quer que devemos lavar as mãos também antes da aula. Vamos deixar todos os vírus e bactérias do ônibus, metro, carro lá fora hein. E para ajudar, deixo o link abaixo de um vídeo fantástico do Dr. Drauzio sobre como lavar as mãos corretamente (estou me sentindo os médicos de Grey's Anatomy fazendo isso agora rsrsrsrsrs).



Já perceberam como eu gosto do Dr. Drauzio né? Pois bem, há umas semanas atrás ouvi uma entrevista em que ele dizia que não é só falta de cuidado, é falta de educação tossir ou espirrar sem cobrir a boca com um lenço ou as costas da mão. Então já sabem né, nada de espirrar na barra da coleguinha.


A gente já sabe que álcool é a única coisa que tira magnésio e cola da barra. E não é pra ficar estocando em casa galera! Não sei na cidade de vocês, mas aqui em Curitiba não achamos álcool gel em mais lugar nenhum. Vamos ser realistas e deixar o álcool para quem precisa estar nos metrôs e ônibus, quem não tem o privilégio de home office, quem não tem uma pia sempre disponível para lavar as mãos.


Coisinha básica numa pandemia/epidemia: viajou para um local com doentes confirmados ou por um local tipo aeroporto/rodoviária com pessoas de todo canto? Quarentena. Se teve contato com alguém que ficou doente depois, quarentena. Nada de ir para o pole contaminar as p0leamigas. Nesse momento, a gente só sobreviverá se pensar coletivamente, pensando que mesmo que você não se sinta doente você pode estar carregando o vírus e espalhando para pessoas mais vulneráveis. Então porque a cidade inteira não fica em casa? Porque ainda precisamos de certos serviços presenciais, motoristas, entregadores de comida, pessoal da área da saúde..


Acho que estamos perto de nos trancar definitivamente em casa, mas enquanto mais pessoas puderem ficar em casa mais a gente consegue evitar que isso aconteça através de um "controle" melhor da propagação do vírus. Clica na imagem abaixo e dá uma olhada no artigo do Washington Post de quando você tem uma interação social normal e quando você a reduz em 75%.



E é claro que se você apresentar sintomas como febre ou dificuldade de respirar, você DEVE procurar uma unidade de saúde. Mas não qualquer uma também, tem lugares menores que não estão bem preparados para lidar com isso, ou com pessoas vulneráveis demais para lidar com você. O SUS lançou um aplicativo sensacional que faz uma triagem online, explica melhor sobre a doença, contágio e prevenção, e ainda te dá o mapa de unidades de saúde para procurar em caso de realmente suspeita do coronavírus.



Até semana passada, tudo isso parecia excesso de cuidado com uma gripe. Hoje, com o número de casos aumentando e com a gravidade dos sintomas, principalmente nas pessoas que já tem uma saúde delicada, esse excesso de cuidado é uma obrigação de todo cidadão. Então quem puder já fica em casa e vamos viver de #tbt das aulas de Pole!


#poledance #coronavirus #poledanceparainsistentes

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com