Buscar
  • Jordana Schneider

O que esperar de uma aula experimental

Como bons brasileiros cheios de vícios e bordões, sempre dizemos que o ano só começa depois do carnaval. Claro que quem decide isso somos nós, o carnaval pode ser só um feriado para descansar e se divertir ou pode ser o marco do início de um novo ano. Seja o que for pra você, se você enrolou até agora para começar a fazer Pole, tá na hora de procurar o estúdio mais perto da sua casa! Se você já marcou a sua aula experimental, então o primeiro passo para a felicidade você já deu rsrsrs. Agora tem só algumas coisas para preparar.


Todo mundo sabe (e julga o Pole Dance por isso) que precisamos de roupas curtinhas, então não se preocupe com o shorts curto demais ou com o top decotado demais, numa turma sensata ninguém vai julgar seu corpo por ser como ele é. E não se sinta pressionada em usar um top se você fica mais confortável com uma regatinha e insegura de mostrar a barriga para desconhecidos, você tem que estar confortável com a sua roupa e com o seu corpo.



O shortinho: quanto mais curto melhor, esse sim acho que não tem escapatória. Geralmente na aula experimental os movimentos mais básicos são o city e o crucifixo (pelo menos lá no Live), então a trava fica bem no interno de coxa. Se o shortinho for comprido, vai ter que dobrar a barra, mas também dá e tá tudo certo. Ideal é usar o que já tem em casa nas primeiras aulas pra daí investir nas roupas de Pole, assim não compramos nada desnecessário e damos utilidade a várias roupas que podem estar de lado no seu guarda-roupas.


Não é na aula experimental, mas é a primeira foto que a Van tirou no Pole!

Toalhinha! Estou olhando para a minha e dando risada com a nostalgia, é a mesma que eu usava nas aulas de educação física da escola e ainda tem o bordado intacto da minha falecida mãe. Tenho uma que ganhei no aniversário de um ano do Live e em breve terei uma personalizada do blog também. Não subestime, isso a gente usa muito! Pra secar as mãos, pra limpar a barra, pra limpar o magnésio ou a cola que escorreu no chão, pra limpar a pele suada onde eu preciso que trave na barra... Para mim é o único item que quando esqueço penso "ih, ferrou!". Até pode emprestar da amiguinha. mas não é higiênico não. Se esqueço a toalhinha, me viro com papel toalha ou até a camiseta que usei para ir pra aula.



Garrafinha de água! Primeiro porque a gente não quer produzir mais lixo e consumir mais plástico nesse mundo, então vamos dispensar os copos plásticos. Se a garrafinha cair no chão e estiver fechada, não vai molhar nada e nem perder a água geladinha de dentro. E se você é dos suplementos, água saborizada e afins, pode levar a sua própria para o treino. Só vejo vantagens...


Meias com antiderrapante e ponteiras são super opcionais! Se você nunca teve contato com o Pole ou balé antes e nem sabe do que estou falando, relaxe e não se preocupe com isso agora.



Agora que já falamos sobre roupas, vamos ao essencial. Deixe a sua energia negativa em casa, ou pelo menos venha disposta a trocar essa por energias boas. Quanta insegurança há numa aula experimental, a pessoa que não faz nenhum exercício físico se acha sedentária, a pessoa que treina na academia acha que vai ter medo de sair do chão, a pessoa que sua demais acha que vai escorregar da barra, a pessoa que está acima do peso ideal já chega incomodada com o que vão pensar dela... Pode ser que você não se encaixe em nenhuma das pessoas acima, mas elas existem e estão ao nosso redor. Experimente puxar papo na sua turma sobre como foi a primeira aulas deles.


É muito fácil falar pra deixar a insegurança de lado e ir em frente, mas não é tão fácil assim. Só não deixe que essa insegurança te impeça de dar o primeiro passo para algo que você tem vontade, nunca. Aplicando no Pole Dance, só vai! Se não tem ninguém pra ir com você ou para te indicar um estúdio, vai na caruda mesmo! Pesquisa no Google a mais perto de você e entra em contato. Tá inseguro mesmo com todas essas dicas? Conversa com a pessoa responsável por um estúdio, se ela não te encorajar e te tranquilizar um pouquinho, procure outro estúdio que o faça.



E se faça um favor: quando surgir aquele pensamento de "eu nunca vou conseguir fazer isso" se esforce um pouco e mude para "talvez eu não consiga agora, mas um dia vou" até você realmente acreditar nisso. E se a mensalidade cabe no seu bolso, o horário do Pole encaixa na sua agenda e você gostou da aula experimental, não dê bobeira e continue praticando até chegar no "eu consegui".


#poledanceparainsistentes #poledance #poledancebrasil

35 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com