Buscar
  • Jordana Schneider

Tá conhecendo o Pole agora?

Tá chegando agora e ainda não sabe ao certo o que é o Pole Dance? Calma que vou tentar resumir. Antes que você me pergunte do que você aprendeu no mundo aí fora, o Pole Dance se popularizou na América do Norte como uma dança erótica e sensual nas boates de striptease. Mas o que poucas sabem é que a origem dele vem de uma variação de yoga na Índia (joga lá no Google pra confirmar).



Eu, particulamente, acho o máximo que o Pole tenha se popularizado em boates de striptease. Penso que é um ambiente sem restrições em que o nível de sensualidade e ousadia pode chegar em um nível que não chegaria nos estúdios de Pole, dando origem a movimentos incríveis! E você já viu vídeos das garotas dançando nos clubes? São o supra sumo não só da sensualidade, mas da execução perfeita de movimentos e coreografias.



Aí você me pergunta: mas como assim o negócio vem de clubes e nós deixamos as crianças praticarem isso? Aí eu te respondo: calma, pois temos (pelo meu entendimento) duas variações do Pole dance, o Pole Arte e o Polesport. Não podemos sensualizar crianças em nenhum cenário, então o Polesport veio para ser a execução dos movimentos sem a parte sensual. Mas isso não quer dizer que a modalidade seja exclusiva das crianças. E a coisa é tão séria que existe regulamentação mundial e tudo, em breve até teremos o Polesport nas olimpíadas! (Amém, atletas?)



E o Pole Arte pode ser a arte que quisermos. Pode ser o Polesexy com danças bem sensuais, incluindo o striptease, chair dance; pode ser o Pole Arte com interpretações como se fosse um teatro; pode ser o Pole Exotic com aquelas pleasers de 20 cm de altura, que pra quem não conhece até assusta um pouco. Enfim, tem um milhão de maneiras de expressar a arte.



Então na próxima vez que você pensar em Pole Dance reflita sobre todos os pré conceitos que você já tem dele. Reflita que pode ser uma dança como o jazz ou um esporte como ginástica rítmica ou uma dança sensual como o tango. E se tiver dúvidas, pergunte da forma mais educada que você puder. Não tem nada de errado com a curiosidade, mas tem tudo de errado com o preconceito.



#poledance #poledanceparainsistentes #poledancesempreconceitos


Esse post foi inspirado em uma longa troca de áudios que tive com a musa Tati Favretto sobre crianças no Polesport. É um tema que ainda será abordado com mais clareza aqui no blog.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Curitiba, Paraná, Brasil.

  • TikTok
  • Instagram

©2019 by Pole Dance para Insistentes.

Proudly created with Wix.com